Marcadores

quinta-feira, 16 de janeiro de 2014

domingo, 22 de dezembro de 2013

NÃO CUSTA NADA TENTAR

NÃO CUSTA NADA TENTAR. Seja um (a) afiliado (a) Kanui.com Basta se cadastrar em nosso programa de afiliados, que é GRATUITO e preencher o formulário. Você nem sequer precisa ter um site. 
Tudo que você precisa fazer é mandar visitantes para o nosso site através de um link especial. Você pode promover nossos produtos utilizando as redes sociais . Você tem uma página para acompanhar seu desenvolvimento no site. os pagamentos aprovados serão creditados em uma conta corrente, disponibilizada por você, no dia 20 do mês.
Por exemplo, se você até o dia 30 de Abril tem R$ 2.500,00 aprovados de comissão, esse valor será creditado na sua conta no dia 20 de Maio. Faça já sua inscrição...http://kanui.integracaoafiliados.com.br/affiliates/signup.php?a_aid=190296

O que você vai descobrir






          Está chegando o Natal, nós temos promoções incríveis, para você.

quinta-feira, 14 de novembro de 2013

REFLEXÃO..

O dinheiro acabei por descobrir, era exactamente como o sexo: quando não se tem não se pensa noutra coisa, e quando se tem pensa-se noutras coisas.

quarta-feira, 30 de outubro de 2013

VIDEO LEGAL

Galera, tudo bem, entendo, andei sumido.
Mas para quem não ficarem com raiva, trouxe um video de uma transa so com negões.
Coisa que sei que vocês gostam.


Uma otima quinta feira pra todos...

segunda-feira, 28 de outubro de 2013

OS CONTOS VERÍDICOS DE FENIX BRASIL

NA PESCARIA

Morava em um condomínio e havia um vizinho me chamou para uma pescaria esportiva. Uma modalidade em que solta-se o peixe depois de pega-lo. Íamos em três: eu, meu vizinho Carlos e o primo dele André.
Tudo acertado partiríamos numa quinta-feira e ficaríamos cinco dias em uma pousada à beira rio.
Na véspera da partida o Carlos ligou para mim que o primo dele não iria mais por estar com problema na coluna e teria de fazer repouso por ordem médica. Falei em cancelar e irmos em outra ocasião então mas ele disse que o dono da pousada disse que teria de cobrar pois teria de ter sido feito a cancela da reserva com quatro dias de antecedência.
Perguntei o que ele sugeria e ele disse para irmos como combinado.
Fiquei pensando que seriam 5 dias ouvindo falar em gostosas e mulherada, o que não era exatamente a minha praia mas eu gosto de pescar e fomos nós.
Chegando na pousada fomos para o nosso quarto onde estavam as três camas arrumadas. Era um quarto pequeno mas muito limpo. Armários e banheiro no quarto com chuveiro de água quente.
O Carlos eu já tinha visto sem camisa lá no condomínio onde ele sempre jogava bola. Um corpo de quem já malhou. Coberto por pelos pretos sem ser exagerado. Coxas grossas firmes e peludas.
Desfiz minha mala e o Carlos espalhou umas roupas na cama que estava vaga perto da janela deixando livre a que estava próxima da minha.
Fui tomar um banho e o Carlos entrou para dar uma mijada. Ele estava de costas para mim e fiquei olhando seus movimentos e pude ver quando ele sacudiu o pau após acabar de mijar. E disfarcei me ensaboando. Ele ficou ali conversando enquanto eu acabava de me enxaguar  e peguei a toalha e me enxuguei ali mesmo no Box e saí enrolado na toalha e me vesti sem me expor. Ele então disse que ia no bar ver se tinha alguma sereia, pegou uma camiseta e deixou tudo espalhado na cama. Fiquei ali arrumando as coisas e vendo TV. Aproveitei  para ver meus emails. Cansado da viagem logo bateu sono e dormi. Nem vi o Carlos entrar.
Acordei e a visão que tive me pensar que ainda sonhava. Carlos deitado nu ao meu lado e de pau duro, dormia. Depois de ver que ele dormia fiquei olhando seu peito peludo subir e descer de acordo com a respiração e o pau duro era grosso e de bom tamanho. Quase levei a mão até aquele mastro que apontava para o teto mas levantei-me e fui tomar banho para me refrescar. E logo ele entra e começa a mijar. Viro de costas para ele não perceber que eu estava excitado. E percebo que ele fica ali olhando e cumprimenta saindo a seguir.
Vamos para o café da manhã depois de ele tomar banho e agradecer por eu ter arrumando a roupa que ele havia deixado espalhado.  Saímos para pegar o barco com mais seis hóspedes e o dono do barco que nos levou. Eu levava a maquina fotográfica e  o material de pesca. Era um passeio de uma hora pelo rio e fui registrando tudo. Pássaros, paisagens e, o Carlos imitando outros passageiros também tirou a camisa. Eu disfarçava e olhava aquele peitoral peludo. Pegamos alguns peixes e todos registrados em fotos e foram devolvidos ao rio. Voltamos a pousada para o almoço e descansarmos pois haveria uma pesca noturna. Deitamos e o Carlos só falava que ele esperava encontrar sereias e só tinha baleias. Liguei o notebook e deitado de bruços na  cama descarregava as fotos que ele pediu para ver e como nossas camas era de solteiro ele empurrou a cama dele e encostou na minha cama. E vendo as fotos ele sorriu quando viu as fotos dele e disse que estava gordo e eu disse que não ele pegou minha mão e colocou na barriga dele dizendo que era banha pura. E segurando a minha mão mandava eu apertar. Eu estava extasiado por sentir seus pelos e sua pele e dizia que havia músculos também e que ele estava bem. Ele ficou de pé na cama e falava que estava gordo mas que gostava de comer. Vendo ele assim percebi que ele vestia um short largo sem cueca e o pau quase saia pela abertura da perna e deitou ao meu lado. Eu disse que tínhamos que descansar e desliguei o notebook pondo a maquina para carregar. Continuei de bruços e tentei dormir. Carlos estava de barriga para cima e começou a roncar e eu não conseguia dormir e fui mexer nele para ele se virar e parar de roncar. Ele se mexeu, resmungou alguma coisa e jogou uma perna sobre mim e continuou dormindo quase atravessado na cama. O contato daquela pele peluda me deixou arrepiado. Adormeci assim. Acordei pouco antes do alarme do celular soar nos acordando. Ele estava na mesma posição só que eu podia sentir que ele estava de pau duro encostado na minha perna. Não sabia qual seria a reação dele ao acordar. Eu desfrutava ao máximo da sensação dessa proximidade pois sabia que ele nunca faria isso pois era muito mulherengo. Pensava nisso quando o som alto do alarme o acorda e eu fingia dormir. Percebo que ele acorda e não se levanta de  imediato como que analisando a situação. Me movimento e ele tira a perna de cima de mim e olho para ele sorrindo dizendo que ele quase me esmagou com o peso da perna. Ele pede desculpas tentando disfarçar a ereção. Vou tomar banho e falo para ele se apressar pois ainda íamos jantar antes de partir para a pescaria. Ele diz que estou falando igual a mulher dele que vive apressando ele. Eu ri e entrei no box enquanto ele tentava mijar. Aí ele diz que não consegue mijar pois está com tesão. E olhando eu tomar banho diz que eu até tenho uma bunda bonita. Eu digo que ele está delirando mas sem que eu esperasse ele entra no box junto comigo. Não consigo impedir e ele já me abraça e diz que quer me comer roçando o pau duro nas minhas pernas e sua mão procura minha bunda. Eu pergunto se ele ficou maluco mas ele não dá tempo e me vira de costas para ele me apoiando na parede. E encosta o pau duro na minha bunda enquanto eu finjo não querer. Ele pára, me vira de frente para ele e diz que quer me comer mas não quer que seja à força e sai do banheiro indo deitar-se na cama. Fico sem saber o que fazer mas saio e deito na cama ao seu lado. Calados olhando o teto. Sem nada dizer estendo a mão e toco na mão dele. Ele aperta a minha mão e olho na direção dele e pergunto se é verdade o que ele disse ele apenas balança a cabeça confirmando. Sem mais pensar desço a mão pelo seu peito e alcanço seu pau que está duro. Olho e começo a fazer um boquete naquele pau que desejei tanto em silencio. Ele então ergue-se na cama e manda eu deitar e logo está deitando sobre  mim direcionando o pau para o meu cuzinho que pisca de prazer. Empinando a bunda para facilitar mas o pau dele não entra ele pega um creme e passa na minha bunda e abrindo mais  sinto a cabeça do pau dele me rasgando e invadindo minhas entranhas. Dói mas o desejo de sentir o pau dele e maior. Ele soca fundo e sinto ele todo dentro de mim. Aperto o pau dele com o cu e rebolo gostoso no mastro cravado em mim. Seus gemidos de prazer me dão a certeza que ele está gostando. Sem muita demora ele diz que quer gozar e começa a socar com mais força até que solta um gemido mais alto e sinto jatos de seu leite dentro de mim. Caímos saciados de prazer. Depois ele pega minha mão e eu o abraço. Ele se afasta, olha nos meus olhos e me segurando pela nuca  me beija na boca. Batem na porta nos chamando para a pescaria e ele diz que já vamos. Sussurra no meu ouvido que na volta teremos mais. Voltamos por cerca de quatro horas da manhã. Mal fecho a porta do quarto ele me abraça dizendo que demoramos muito para voltar e me da um longo beijo. Eu o arrasto para o chuveiro e ali ajoelho na frente dele e logo estou com o pau dele na boca. Lambendo, chupando, sugando. Ele me levanta  dizendo que quer meu cu de novo e que dessa vez quer demorar a gozar. Carlos manda eu abrir as pernas e com a piroca cheia de espuma começa a meter bem devagar mandando eu apenas relaxar. Foi  muito gostoso sentir ele entrando assim tão suave. E quando começo a rebolar ele manda eu parar pois ele que quer meter. Ele então diz para irmos para a cama e ali ele me vira de frango assado e mete tudo até o talo ao mesmo tempo que a língua dele invade minha boca. Depois manda eu ficar de quatro e diz que sou a cadela dele e me segurando pelos quadris ele mete com mais força e mais rápido e logo sinto o pau dele inchando e jatos de leite me inundam e eu também gozo apertando o cacete dele. Deitamos abraçados e dormimos. Os outros dias foram assim, nos amando. E ele cada vez mais carinhoso e atencioso. Não pensava em como seria na volta, quando ele estaria na casa dele com a esposa. Não tocávamos nesse assunto, apenas nos amávamos. E no retorno a nossa rotina tem mais surpresa mas isso é outra estória.

quarta-feira, 16 de outubro de 2013

OLÁ!

Adquira um maravilhoso e book, onde você irá liberar sua imaginação.

Um e book com muito mistério, suspense e muito mais.

Um e book onde você será o grande detetive.

Na aquisição do e book, ganhe um maravilhoso presente.



terça-feira, 15 de outubro de 2013

Boa noite!!!

Galera, deixando pra vcs algumas fotos de um brother...passando pra desejar uma ótima noite pra vocês!!! Quem quiser entrar em contato com ele, é só ligar (021) 9368-3853.







terça-feira, 8 de outubro de 2013

quinta-feira, 3 de outubro de 2013

OUTRA...

Aqueles que reprimem o desejo assim o fazem porque o seu desejo é fraco o suficiente para ser reprimido.
William Blake

MAIS UMA...

No homem, o desejo gera o amor. Na mulher, o amor gera o desejo.
Jonathan Swift

A MULHER QUE NÃO SORRIA

Fernanda Elisa era dona de um pensionato. Apesar dela ser muito determinada, forte, séria, parecia não ser má pessoa. Mas ela guardava um grandíssimo segredo. Com ela trabalhava o Gui, deficiente auditivo e amigo para todas as horas... Mas aconteceu, que com o.....

domingo, 22 de setembro de 2013

quinta-feira, 19 de setembro de 2013

A MULHER QUE NÃO SORRIA

Fernanda Elisa era dona de um pensionato. Apesar dela ser muito determinada, forte, séria, parecia não ser má pessoa. Mas ela guardava um grandíssimo segredo. Com ela trabalhava o Gui, deficiente auditivo e amigo para todas as horas... Mas aconteceu, que com o.....  


quarta-feira, 18 de setembro de 2013

Bom dia, maravilhosos (as)

           Estou com um novo e book na internet, e espero contar com a ajuda de todos vocês, para torná-lo mais um sucesso.
         O e book em questão, é = A Mulher que não sorria.
         Obrigado por tudo, meus amores. E qualquer coisa, estarei por aqui. É só me mandarem um e mail através do formulário de contato, no menu superior de meu blog.
           


terça-feira, 17 de setembro de 2013

SEXO...?

Você é o seu sexo. Todo o seu corpo é um órgão sexual, com exceção talvez das clavículas.
Luis Fernando Veríssimo


É quase impossível conciliar as exigências do instinto sexual com as da civilização.
Sigmund Freud

domingo, 15 de setembro de 2013

Olá, sou André Luis...

          De hoje em diante, estarei por aqui dando minha pequena contribuição, para todos vocês.
         Postarei alguns pensamentos sobre sexo, e tudo que se referir ao assunto.
         A todos vocês, meu muito obrigado e boa leitura.

Garotos do Prazer, Raj

Bom mais um Garoto do Prazer inteirinho para vocês, apresento Raj, diretamente da Zona Sul de São Paulo com 21 anos, Dote 20 cm, Ativo/passivo. Atende em local próprio ou do cliente.
À disposição de Homens, mulheres e casais
Gostou entre em contato Tel: (11)  968624674 ,  pelo Skype: andrey.santos.silva ou entre em seu blog http://xde389.wix.com/rajsallamindian






Pense...

Se todos conhecessem a intimidade sexual uns dos outros, ninguém cumprimentaria ninguém.
Nelson Rodrigues

Garotos do Prazer, JR.

ACOMPANHANTE DE LUXO EM SÃO PAULO, BOY UNIVERSITÁRIO, BRANQUINHO, MAGRO DEFINIDO E MUITO ATRAENTE, 22 ANOS, 1,72 ALTURA, 62 KG, DOTE 18X6. ATIVO/PASSIVO, LIBERAL NA CAMA, REALIZA TODOS OS SEUS FETICHES E FANTASIAS, É MUITO CARINHOSO, MAS TAMBÉM SABE SER MUITO OUSADO NA CAMA, VENHA SE DELICIAR COM TUDO QUE ELE TEM PRA TE DAR. PRAZER GARANTIDO!!! COM CERTEZA VOCÊ VAI QUERER BIS. ATENDE EM LOCAL PRÓPRIO OU VAI ATE VOCÊ!!!
GOSTOU ENTRE EM CONTATO COM ELE:
SKYPE: ANDRADEMARKETING@HOTMAIL.COM 


TELs: 
(11) 98576-4456 (TIM)  (11) 94174-9860 (VIVO)




Sexo, é:

         
           amor
           prazer
           emoção
           tesão
           calafrio
           e........
           muita metida boa, que chega a doer.

quinta-feira, 12 de setembro de 2013

CONTOS IMAGINARIOS DE DANY BOY

MANHÃ NO BANHEIRO



Ta certo, to um tempo sem postar, então resolvi postar um conto escrevi quando tava afim de um cara, mas infelizmente ele me trocou por um outro, mas tudo bem, a vida segui..

Seis e meia da manha eu ouvi ele levantando, estavam todos dormindo no quarto, tinha o sono leve e percebi que ele estava de pé. Pensei duas vezes antes de levantar, mas não estava mais afim de ficar deitado, levantei, seguir pela casa, queria saber o que ele estava aprontando, caminhei pela sala e logo levei um susto, pois ele me puxou para dentro do banheiro e trancou a porta.
Ele me jogou pela parede e ficou me encarando:
- Acho que agora é só nos dois.
Ele começou a me beijar, sim ele beijava muito bem e tinha o beijo muito bom, ficamos beijando enquanto o meu pau e o dele estava ficando duro, dava pra senti atrás da calça de moletom que usávamos, ele estava sem cueca, o pau dele fazia um formato que dava para identificar direitinho na calça. Louco de tesão, enfiei a minha mão dentro da calça dele, enquanto nós beijava, tirei-o para fora e vi que estava duraço, igual ao porrete, parei de beija-lo e fiquei olhando e segurando o pau dele.
- Quer chupar? Perguntou ele fazendo uma cara de safado.
- Quero. Respondi a ele logo baixando e chupando o seu pau. O pau dele não era grande mas era gostoso de colocar na boca, não babava estava limpinho, era bom, pois eu dava varias lambidas na cabeça dele e depois enfiava na minha boca, vendo ele gemer de tanto tesão, ele já tinha tirado a blusa e estava nu na minha frente, enquanto eu chupava deliciosamente.
- Agora a minha vez - disse ele tirando o seu pau na minha boca, e me levantando, achei que ele não curtisse chupar, mas como ele estava tão animado que abaixou a minha calça e depois ficou olhando para o meu pau – grande ele.
- E todo seu. Respondi segurando a cabeça dele e colocando o meu pau na sua boca, que estava quentinha e molhada, bem confortável para o meu pau, eu lambia e chupava, deixava o meu pau ir ate a sua garganta e voltava. Ele ficou um bom tempo chupando, até que se levantou me deu outro beijo e falou:
- Adoro comer caras roludos.
- Então me come. Respondi a ele, já estava sem roupa ele me virou de costa, ficou beijando o meu pescoço e mordia minha orelha enquanto rosava o seu pau na minha bunda era gostoso aquilo, até que ele pegou uma camisinha que tava numa gaveta na pia, colocou no seu pau. Era a hora que eu mais esperava, ele continuou a da mordidas no meu pescoço, ajeitou a minha bunda, mirou o seu pau e começou a colocar no meu cuzinho.
No inicio sentir uma dor enorme, mas ele sabia colocar e fazia devagarzinho do jeito que gostava, quando ele colocou o seu pau todo la dentro, ele virou o meu rosto para mim dar um beijo e logo depois começou a me bombar.
Ele metia gostoso, enfiava com vontade e sempre me dava uns beijos e mordia meu pescoço. No banheiro tinha um espelho do lado onde eu podia ver ele me comendo e bombando a minha bundinha, nossos corpos pareciam perfeitos naquela hora, combinávamos bastante, e ele fazia uma cara de safado que me deixava com mais tesão.
- Deixa eu sentar nele. Disse a ele que não quis enrolação, respondeu que sim, tirou o seu pau no meu cu, pegou uma toalha e forrou o chão, deitou nela, eu so precisei sentar encima do seu pau, deixei entrar devagarzinho e dando umas reboladas para encaixar melhor e quando sentir ele todo dentro de mim, comecei a pula no pau dele.
Era gostoso sentir o pau dele dentro de mim, estava duraço, e naquela posição eu podia ver a sua cara de safado adorando a situação, ele ainda levantou um pouco para poder me beijar, mas não queria que eu parasse de pular.
A trepada estava gostosa, estávamos começando a ficar com os corpos suados, já estava na hora de gozarmos, eriamos gozar até que alguem bate na porta dizendo:
- Ou to querendo usar o banheiro.
Nós dois assustamos, arrumamos uma correria vestimos a roupa e abrimos a porta, a pessoa ficou olhando para nós dois desconfiada, mas estava tão apertada que nem fez pergunta, esperou nós saímos e enfiou no banheiro fechando a porta logo em seguida.
Nós dois olhamos um para o outro, demos uma risada e voltamos pra cama, esperando uma próxima oportunidade para termina a trepada.

Leitores do Blog, Fernando Ferreto

FERNANDO FERRETTO, AFIM DE FERRAR VC....... MAS NO MELHOR SENTIDO!!!! DEMOROU MAS APRESENTO A VOCÊS MEUS AMIGOS LEITORES ESSA MARAVILHA DE NEGÃO EM DIVERSAS POSES DE FAZER QUALQUER UM PARTIR PARA AQUELA BRONHA GOSTOSA!!!